Nossos Vinhos

.
Voltar
Informações

Pizzato Semillon

Plínio Pizzato, patriarca da Família, por influência de seu pai, Giovanni Pizzato, sempre foi entusiasta das uvas vitis vinifera (uvas finas, no Brasil), mesmo numa região vitícola dominada quantitativamente e economicamente por híbridas e vitis labrusca.

Ainda nos anos 60, quando estabeleceu-se em Santa Lúcia – parte do que é hoje o Vale dos Vinhedos como Indicação Geográfica – passou a cultivar apenas vitis vinifera, com foco nas uvas italianas (barberas, trebbiano, malvasias etc).

Nos anos 70, com a chegada de várias multinacionais à Serra Gaúcha, e pelo fato de já ser um produtor de excelência para uvas finas, foi provocado por técnicos vitícolas de tais empresas para se tornar produtor de uvas francesas.

Começa assim plantios de uvas francesas, com domínio para a Merlot, Cabernet Franc e Semillon, sem deixar de cultivar algumas italianas.

A partir de nossa lembrança clara de que, para determinadas parcelas, o Semillon apresentava uvas com belos resultados de maturação e sanidade, e considerando que em plantio em espaldeiras (em contraste ao uso de latadas/pérgola da fase dos anos 70) os resultados poderiam ter ainda mais consistência, em 2012 foi implantado vinhedo de Semillon que vem produzindo consistentemente desde 2015.

Os primeiros lotes foram experimentais e não foram lançados. Abaixo as informações da colheita 2017.

Destaques

 

 

  • Vinho recém lançado
Colheitas
  • Proposta

    Proposta

    Frescor, nitidez, franqueza e leveza.

    Vinhedos próprios, conduzidos em espaldeiras.

    Das melhores parcelas do vinhedo Santa Lúcia, Vale dos Vinhedos.

    Lotes limitados, com numeração das garrafas.

    Expressão varietal.

 

  • Serviço

    Serviço

    Para melhor apreciar os pontos fortes deste vinho, sugere-se que a temperatura da bebida esteja entre 8 e 10 oC.

  • Colheita

    Dados desta Colheita

    Colheita: Totalmente manual, em Janeiro de 2018
    Garrafas: 2.000 de 750 ml, numeradas.
    Dados Técnicos
    Álcool (% vol.) : 12
    Açúcar residual (g/l) : 1,8
    Acidez total (g/l ác.tartárico): 6,32
    pH: 3,33
    Tempo de barril (meses): 12 meses, 40% do vinho, em barris mistos de carvalho francês e acácia. Corte final com vinho de tanques inox.

  • Vinhedo

    Vinhedo

    Nome: Santa Lúcia, Vale dos Vinhedos

    Região: Vale dos Vinhedos, Denominação de Origem

    Localização: 29°10'17.91"S, 51°36'05.59"O, 495 m.a.n.m.

    Arquitetura: Espaldeiras com orientação norte-sul.

    Ano de plantio: 2012.

    Solo: De origem basáltica, franco, com pedregulhos e argiloso

    Colheita: totalmente manual, transportada em caixas de 16 kg.

  • Elaboração

    Elaboração

    Desengace e prensagem em prensa pneumática com leve maceração. Fermentação em barris de carvalho e em tanques de aço inoxidável em baixas temperaturas, com adição de leveduras selecionadas. Fermentação malolática e amadurecimento, com battônage, sobre as borras finas em barris e em tanques de aço inoxidável até o engarrafamento.

BAIXAR FICHA TÉCNICA DO ANO
  • Proposta

    Proposta

    Frescor, nitidez, franqueza e leveza.

    Vinhedos próprios, conduzidos em espaldeiras.

    Das melhores parcelas do vinhedo Santa Lúcia, Vale dos Vinhedos.

    Lotes limitados, com numeração das garrafas.

    Expressão varietal.

 

  • Serviço

    Serviço

    Para melhor apreciar os pontos fortes deste vinho, sugere-se que a temperatura da bebida esteja entre 8 e 10 oC.

  • Colheita

    Dados desta Colheita

    Data da colheita: 30 de janeiro de 2017

    Dados Técnicos

    Álcool (% vol.) : 12,5

    Açúcar residual (g/l) : 1,8

    Acidez total (g/l ác.tartárico): 6,2

    pH: 3,3

    Tempo de barril de carvalho(meses): 10 (70% em aço inoxidável/30% em barris)

    Garrafas: 1.100 de 750 ml, numeradas.

  • Vinhedo

    Vinhedo

    Nome: Santa Lúcia, Vale dos Vinhedos

    Região: Vale dos Vinhedos, Denominação de Origem

    Localização: 29°10'17.91"S, 51°36'05.59"O, 495 m.a.n.m.

    Arquitetura: Espaldeiras com orientação norte-sul.

    Ano de plantio: 2012.

    Solo: De origem basáltica, franco, com pedregulhos e argiloso

    Colheita: totalmente manual, transportada em caixas de 16 kg.

  • Elaboração

    Elaboração

    Desengace, moagem e prensagem em prensa pneumática com leve maceração. Fermentação em tanques de aço inoxidável e em barricas em baixas temperaturas, com adição de leveduras selecionadas. Amadurecimento em barris mistos de acácia (rubinia) e carvalho francês por tempo variável de acordo com a evolução do vinho.

BAIXAR FICHA TÉCNICA DO ANO