Nossos Vinhos

Alicante Bouschet
Voltar
Informações

Pizzato Alicante Bouschet

Disponível na linha de vinhos da Pizzato desde a colheita 2004, foi por vários anos o único varietal em escala comercial elaborado no Brasil a partir da uva Alicante Bouschet.

A Alicante Bouschet é uma uva que contém alto teor de cor, sendo muito conhecida como uma das castas ‘tintoreiras’. De grande produção por planta, expressa-se com alguma personalidade apenas quanto conduzida de forma diligente no que tange ao rendimento. Quando conduzida desta forma, gera vinhos densos e muito escuros, com grande capacidade (e pode-se dizer, necessidade) de amadurecimento.

Foi criada por Henri Bouschet a partir do cruzamento das uvas Petit Bouschet (cruzamento das uvas Aramon e Teinturier du Cher, feito por Louis Bouschet, pai de Henri) e Grenache. É uma das poucas uvas de potencial enológico que apresenta cor não apenas na casca mas também na polpa.

Internacionalmente, nas últimas décadas têm apresentado belos vinhos oriundos de algumas poucas regiões da Espanha e Portugal, mantendo a fama de ser uma uva desafiante para elaboração de varietais.

Destaques

  • 91 pontos no Guia Adega de Vinhos do Brasil 2016/2017
  • 90 pontos no Guia Adega de Vinhos do Brasil 2013/2014, 2014/2015
  • 90 pontos no Guia Adega de Vinhos do Brasil 2015/2016
  • Seleção do Brasil por Evan Goldsztein, master sommelier EUA
  • Melhor vinho de uvas exóticas Revista Adega setembro 2013 (90 pontos)
  • Exportado para diversos mercados: Estados Unidos (NY), França, Canadá (Alberta), Reino Unido, Luxemburgo, Bélgica, etc.
Colheitas
  • Proposta

    Proposta

    Vinho estruturado, de guarda, elegante. Incrivelmente escuro, mesmo com o amadurecimento. Vinho exclusivo com esta uva no Brasil. Para beber agora ou amadurecer (bom potencial de guarda). Passagem por barris de carvalhofrancês (1º e 2º usos). Vinhedos próprios, conduzidos em espaldeiras. Das melhores parcelas do vinhedoSta Lúcia, Vale dos Vinhedos. Lotes limitadosem termos de garrafas, com numeração individual.

  • Degustação

    Degustação

    Rubi escuro a violáceo, profundo; no olfato, frutas negras maduras (passas, ameixas, jabuticaba) e floral;terroso, azeitonas negras, mentol, defumado e leve empireumático; boca potente, encorpado e de muito boa estrutura fenólica, retro-olfato rico, longo. Vinho em evolução. *notas geralmente observadas

  • Harmonização

    Harmonização

    Caças, cordeiro, comida regional Brasileira ( rabada, mocotó, vaca atolada). Cortes gordurosos de gado.

  • Serviço

    Serviço

    Para melhor apreciar os pontos fortes deste vinho, sugere-se que a temperatura da bebida esteja entre 16 e 18oC.

  • Colheita

    Colheita

    Garrafas: 4.400de 750 ml, todas numeradas. Dados Técnicos: Álcool (% vol.) : 13,5 Açúcar residual (g/l) : 1,9 Acidez total (g/l ác.tartárico): 6,34 pH: 3,58 Tempo de barril (meses): 11 (1º e 2º usos), francês Data da colheita: 16 de Março de 2012

  • Vinhedo

    Vinhedo

    Nome: Santa Lúcia, Vale dos Vinhedos Região: Vale dos Vinhedos, Denominação de Origem Localização: 29°10'17.91"S, 51°36'05.59"O, 495 m.a.n.m. Arquitetura: Espaldeiras com orientação norte-sul. Solo: De origem basáltica, franco, com pedregulhos e argiloso Colheita: totalmente manual, em pequenas caixas de até 16 kg

  • Elaboração

    Elaboração

    Fermentação e maceração em tanques de aço inoxidável, com leveduras selecionadas e temperatura controlada. Tempo total de fermentação e maceração: 7 dias. Amadurecimento em barris de carvalho francês de primeiro e segundo uso por 11 meses.

BAIXAR FICHA TÉCNICA DO ANO
  • Proposta

    Proposta

    Vinho estruturado, de guarda, elegante. Incrivelmente escuro, mesmo com o amadurecimento. Vinho exclusivo com esta uva no Brasil. Para beber agora ou amadurecer (bom potencial de guarda). Passagem por barris de carvalhofrancês (1º e 2º usos). Vinhedos próprios, conduzidos em espaldeiras. Das melhores parcelas do vinhedoSta Lúcia, Vale dos Vinhedos. Lotes limitadosem termos de garrafas, com numeração individual.

  • Degustação

    Degustação

    Vinho de cor rubi escura a violácea; denso, profundo; aromas de frutas negras maduras (passas, ameixas) e violetas;terroso, azeitonas negras, defumando, eucalipto e aromas de tosta; na boca, potente, encorpado e de muito boa estrutura fenólica/tânica, retro olfatoamplo, longo. Vinho em evolução. (notas geralmente observadas no momento de lançamento do vinho no mercado)

  • Harmonização

    Harmonização

    Caças, cordeiro, comida regional Brasileira (rabada, mocotó, vaca atolada). Cortes gordurosos de gado.

  • Serviço

    Serviço

    Para melhor apreciar os pontos fortes deste vinho, sugere-se que a temperatura da bebida esteja entre 16 e 18ºC.

  • Colheita

    Colheita

    Garrafas: 3.300de 750 ml, todas numeradas, engarrafadas em lote único. Dados Técnicos: Álcool (% vol.) :13 Açúcar residual (g/l) :2,2 Acidez total (g/l ác.tartárico): 6,30 pH: 3,57 Tempo de barril (meses): 12 (1º e 2º usos), francês Data da colheita: 9 de Março de 2010

  • Vinhedo

    Vinhedo

    Nome: Santa Lúcia, Vale dos Vinhedos Região: Vale dos Vinhedos, Denominação de Origem Localização: 29°10'17.91"S, 51°36'05.59"O, 495 m.a.n.m. Arquitetura: Espaldeiras com orientação norte-sul. Solo: De origem basáltica, franco, com pedregulhos e argiloso Colheita: totalmente manual, em pequenas caixas de até 16 kg

  • Elaboração

    Elaboração

    Fermentação e maceração em tanques de aço inoxidável, com leveduras selecionadas e temperatura controlada. Tempo total de fermentação e maceração: 9 dias. Amadurecimento em barris de carvalho.

BAIXAR FICHA TÉCNICA DO ANO
  • Proposta

    Proposta

    Vinho estruturado, de guarda, elegante. Incrivelmente escuro, mesmo com o amadurecimento. Vinho exclusivo com esta uva no Brasil. Para beber agora ou amadurecer (bom potencial de guarda). Passagem por barris de carvalhofrancês (1º e 2º usos). Vinhedos próprios, conduzidos em espaldeiras. Das melhores parcelas do vinhedoSta Lúcia, Vale dos Vinhedos. Lotes limitadosem termos de garrafas, com numeração individual.

  • Degustação

    Degustação

    Rubi escuro a violáceo, profundo; no olfato, frutas negrasmaduras (passas, ameixas, tâmaras) e floral; eucalipto, azeitonas negras, defumando e leve empireumático; na boca, potente, de bom corpo e estrutura fenólica, retrogosto rico, longo.

  • Harmonização

    Harmonização

    Caças, cordeiro, feijoadas e cassoulets, queijos fortes e carnes gordurosas. Cortes gordurosos de gado.

  • Serviço

    Serviço

    Para melhor apreciar os pontos fortes deste vinho, sugere-se que a temperatura da bebida esteja entre 16 e 18oC.

  • Colheita

    Colheita

    Garrafas: 3.500de 750 ml, todas numeradas. Dados Técnicos: Álcool (% vol.) :13 Açúcar residual (g/l) :2,1 Acidez total (g/l ác.tartárico): 6,25 pH: 3,55 Tempo de barril (meses): 11 (1º e 2º usos), francês Data da colheita: 2ª semana de Março de 2009

  • Vinhedo

    Vinhedo

    Nome: Santa Lúcia, Vale dos Vinhedos Região: Vale dos Vinhedos, Denominação de Origem Localização: 29°10'17.91"S, 51°36'05.59"O, 495 m.a.n.m. Arquitetura: Espaldeiras com orientação norte-sul. Solo: De origem basáltica, franco, com pedregulhos e argiloso Colheita: totalmente manual, em pequenas caixas de até 16 kg

  • Elaboração

    Elaboração

    Fermentação e maceração em tanques de aço inoxidável, com leveduras selecionadas e temperatura controlada. Tempo total de fermentação e maceração: 8 dias. Amadurecimento em barris de carvalho francês por 11 meses.

BAIXAR FICHA TÉCNICA DO ANO
  • Proposta

    Proposta

    Vinho estruturado, de guarda, elegante. Incrivelmente escuro, mesmo com o amadurecimento. Vinho exclusivo com esta uva no Brasil. Para beber agora ou amadurecer (bom potencial de guarda). Passagem por barris de carvalhofrancês (1º e 2º usos). Vinhedos próprios, conduzidos em espaldeiras. Das melhores parcelas do vinhedoSta Lúcia, Vale dos Vinhedos. Lotes limitadosem termos de garrafas, com numeração individual.

  • Degustação

    Degustação

    Rubi escuro a violáceo, profundo; no olfato, frutas negrasmaduras (passas, ameixas, tâmaras) e floral; eucalipto, azeitonas negras, defumando e leve empireumático; na boca, potente, de bom corpo e estrutura fenólica, retrogosto rico, longo.

  • Harmonização

    Harmonização

    Caças, cordeiro, feijoadas e cassoulets, queijos fortes e carnes gordurosas. Cortes gordurosos de gado.

  • Serviço

    Serviço

    Para melhor apreciar os pontos fortes deste vinho, sugere-se que a temperatura da bebida esteja entre 16 e 18oC.

  • Colheita

    Colheita

    Garrafas: 3.500de 750 ml, todas numeradas. Dados Técnicos: Álcool (% vol.) :13 Açúcar residual (g/l) :2,1 Acidez total (g/l ác.tartárico): 6,25 pH: 3,55 Tempo de barril (meses): 11 (1º e 2º usos), francês Data da colheita: 2ª semana de Março de 2009

  • Vinhedo

    Vinhedo

    Nome: Santa Lúcia, Vale dos Vinhedos Região: Vale dos Vinhedos, Denominação de Origem Localização: 29°10'17.91"S, 51°36'05.59"O, 495 m.a.n.m. Arquitetura: Espaldeiras com orientação norte-sul. Solo: De origem basáltica, franco, com pedregulhos e argiloso Colheita: totalmente manual, em pequenas caixas de até 16 kg

  • Elaboração

    Elaboração

    Fermentação e maceração em tanques de aço inoxidável, com leveduras selecionadas e temperatura controlada. Tempo total de fermentação e maceração: 8 dias. Amadurecimento em barris de carvalho francês por 11 meses.